Adolescentes
  • Saber planear
    Por norma, as relações sexuais implicam a possibilidade de ocorrer uma gravidez. Constituir uma família é uma decisão que implica responsabilidade e planeamento. A contraceção tem sempre por referência uma família planeada e a vivência de uma sexualidade sem sobressaltos.
  • Acne: como lidar com ela, em qualquer idade
    A acne é uma doença de pele resultante do excesso de produção de gordura que afeta principalmente a face, pescoço, peito, costas e ombros.
  • Proteção para todos os gostos
    Numa vida sexualmente ativa e responsável, o preservativo desempenha um papel fundamental.
  • Piolhos – Em 4 passos
    Tempo de aulas é, muitas vezes, sinónimo de pediculose - é que as infestações por piolhos são comuns quando há muitas crianças juntas: a proximidade física facilita o contágio. A comichão é o sinal mais evidente de que estes minúsculos parasitas já se instalaram: eles fixam-se junto do couro cabeludo, sugando pequenas quantidades de sangue e libertando uma espécie de saliva que incomoda e muito...
  • O despertar da sexualidade
    É na adolescência que rapazes e raparigas tomam consciência de si próprios e do que os diferencia. Se não aconteceu já, vai acontecer contigo. Vais conhecer novas sensações como o desejo e o prazer. É o despertar para a sexualidade.
  • Sexualidade e Adolescência – Escolhas para a vida
    É na adolescência que se desperta para a sexualidade. É natural. Mas antes de fazeres escolhas, informa-te: porque o que decidires agora pode influenciar toda a tua vida.
  • Dependente ou não?
    O álcool causa dependência. Esta dependência traz, a curto e a longo prazo, consequências para a saúde. Por isso, antes da próxima bebida pergunta a ti próprio se estás ou não em risco:
  • Pára e pensa…!
    Quando bebes, é importante conhecer os sinais que te dizem quando ultrapassaste o teu limite – está na altura de pousar o copo e dar lugar às bebidas sem álcool!
  • Os jovens e o álcool
    É, normalmente, nas primeiras saídas com os amigos que muitas vezes se dá o primeiro contacto com o álcool. Afinal, procuram-se novas experiências e desafios! Mas é importante divertirmo-nos em grupo sem nunca deixarmos de ser nós próprios.