Kawu 15% coleira antiparasitária para gatos

Kawu 15% 1 coleira medicamentosa
Imagem Ilustrativa
Medicamento veterinário indicado no tratamento de parasitoses externas causada por pulgas, para gatos.
7428227
Titular:
Calier Portugal, S.A.
Centro Empresarial Sintra Estoril II, Edifício C Rua Pé de Mouro
Estrada de Albarraque
2710-335 Sintra

Número da Autorização de Introdução no Mercado:
406/02/11NFVPT (02 de Janeiro de 2012)
Substância ativa (por cada 100g de coleira):
Diazinão (15g)

Excipientes:
Óleo de soja epoxizado
Estearato de cálcio
Ftalato de dibutil
Carvão vegetal
Óxido de ferro
Poli (cloreto de vinil)
Conserve à temperatura ambiente (< 25 ºC), ao abrigo da luz e da humidade
Coloque 1 coleira por animal, à volta do pescoço.
Retire a coleira da saqueta e desenrole-a, verificando que não há restos de plástico agarrados à mesma.
Ajuste a coleira à volta do pescoço do cão sem apertar demasiado (deixe uma folga de modo a que, entre o pescoço e a coleira, caibam 2 dedos). Corte qualquer comprimento em excesso.
A coleira deve ser usada sem interrupções durante 4 meses e deve ser removida após o período de utilização.
Verifique regularmente se a coleira se encontra bem colocada e ajustada.

Para um melhor controlo das pulgas, a utilização de Kawu 15% coleira antiparasitária para gatos deve ser complementada com cuidados ao nível do ambiente onde o animal se encontra. Assim, aplique nas camas, roupas e áreas de repouso do gato um inseticida adequado e aspire-as regularmente.
Apenas para uso externo.
Não colocar em caso de hipersensibilidade à substância activa ou a qualquer um dos excipientes.
Não colocar em animais doentes ou em convalescença.
Não colocar em animais com menos de 6 meses.
Não colocar a fêmeas em lactação.
Evite que o animal morda a coleira.
Evite o contacto repetido ou prolongado com a sua pele. Evite qualquer contacto, caso tenha hipersensibilidade à substância ativa.
Depois de manipular a coleira, lavar as mãos com água fria e sabão.
Evite que as crianças, em especial com menos de 2 anos, toquem ou brinquem com a coleira e que a coloquem na boca.
Um animal de estimação que esteja a utilizar a coleira antiparasitária não deve dormir na cama com as pessoas, especialmente crianças.
Entre as reações adversas, podem ocorrer reações de hipersensibilidade cutânea.
Medicamento Veterinário Não Sujeito a Receita Médica
Leia atentamente o folheto informativo e em caso de dúvida ou de persistência dos sintomas consulte o seu médico ou farmacêutico.