Tosse Seca e Tosse com Expetoração – Quais as diferenças?
A tosse é apenas um sintoma, não uma doença. Pode, por isso, ser uma manifestação de algumas doenças, mas também um “reflexo” de proteção que permite ao nosso organismo expulsar partículas estranhas ou excesso de muco do sistema respiratório.

Para tratar da melhor forma os sintomas associados à tosse é essencial, em primeiro lugar, distinguir os diferentes tipos de tosse: Seca ou com Expetoração

Tosse com Expetoração ou Tosse Produtiva:

Como o próprio nome indica, este tipo de tosse é acompanhado de expetoração, isto é, ocorre expulsão, pela boca, de secreções das vias respiratórias como muco.

Geralmente, este tipo de tosse não deve ser suprimida já que ajuda a expelir o excesso de muco dos pulmões, desimpedindo as vias aéreas, facilitando a respiração.

Como se manifesta?

  • Sensação de peito apertado, pesado e/ou “entupido”, especialmente de manhã;
  • Dificuldade em expulsar o muco através da tosse;
  • Dificuldade em respirar;

 Quais são as suas causas?

A tosse com expetoração pode ter várias causas como por exemplo: Infeções e/ou doenças pulmonares ou tabagismo.

É também frequente ter tosse produtiva quando se tem uma constipação, pois o corrimento nasal pode deslizar para a parte de trás da garganta, provocando tosse.

Tosse Seca ou Tosse Não Produtiva:

Também conhecida por tosse persistente ou tosse irritativa, trata-se de tosse sem expetoração por vezes induzida por um “formigueiro” na garganta. É, habitualmente, incomodativa e pode aumentar a irritação da garganta ao longo do tempo.

Como se manifesta?

  • Vontade permanente de tossir;
  • Sensação de irritação, comichão e secura na garganta;
  • A tosse tem um som “seco”;
  • Sente-se o peito “limpo”, sem congestionamento das vias respiratórias;
  • A tosse pode impedir um sono tranquilo durante a noite;
  • Normalmente, sente cansaço quando sofre de tosse seca.

Quais são as suas causas?

A tosse sem expetoração pode ter várias causas como por exemplo: exposição ao frio ou a substâncias irritantes como poeira, fumo ou produtos químicos, alergias, asma ou doença cardíaca.

Pode também ocorrer depois de um episódio de constipação comum, ser desencadeada pela obstrução das vias aéreas devido à inalação de um corpo estranho (como, por exemplo, um pedaço de comida) ou devido à toma de alguns medicamentos anti-hipertensores, sendo um efeito secundário frequente associado à classe dos IECA.

Não se esqueça, a tosse é um reflexo natural, mas pode também ser sintoma de uma doença. Por isso não a ignore, de preferência fale com o seu farmacêutico!