Combater a celulite
Uma vez formada, a celulite instala-se e não desaparece com facilidade.

Não é possível erradicar a celulite, mas é possível reduzi-la pela adoção de algumas medidas:

  • Pratique uma alimentação equilibrada. Favoreça os legumes, as frutas, as proteínas magras (aves e peixe) e os açúcares de absorção lenta (arroz e massas). Evite as gorduras saturadas e o sal;
  • Aumente a ingestão de água (cerca de dois litros/dia) e reduza o consumo de álcool e cafeína;
  • Faça exercício físico. Opte por exercícios localizados que estimulem a queima de gordura nas zonas mais afetadas;
  • Use produtos de saúde à base de substâncias como cafeína, retinóis, alfahidroxiácidos e extratos de plantas. Encontram-se disponíveis no mercado diversas formulações, sob a forma de creme, loção, gel e até adesivos transdérmicos. Se estiver grávida ou a amamentar, fale com o seu médico ou farmacêutico antes da aplicação deste tipo de produtos;
  • Faça massagens manuais ou use técnicas específicas, como a endermologia ou laser. A sua ação mecânica ativa a circulação, promove a drenagem, torna os tecidos mais “maleáveis” e facilita a penetração dos produtos adelgaçantes.

 

Tome nota

Em matéria de celulite, importa saber que não há soluções rápidas nem definitivas.

  • A celulite é persistente, não basta “atacá-la” em vésperas da época balnear, é preciso investir ao longo do ano;
  • Isolados, os produtos de saúde e as técnicas adelgaçantes não produzem o efeito desejado. Alisam a pele, mas não atuam em profundidade;
  • Para obter resultados duradouros, é fundamental combinar uma dieta saudável com a prática regular de exercício físico. Desta forma, reforça-se a estrutura muscular e simultaneamente obtém-se um equilíbrio entre a quantidade de gorduras que se consomem e as que se gastam.

Na sua farmácia pode obter um aconselhamento personalizado!