Antibióticos – seja responsável
Os antibióticos, embora sejam cruciais para a saúde pública, podem acarretar complicações quando tomados desnecessariamente ou quando a sua toma é inadequada, não respeitando as indicações do médico.

Garantir o seu bom uso está nas suas mãos.

Sabe como?

  • Use-os apenas e só quando receitados pelo médico, não os tome por iniciativa própria nem os peça ao seu farmacêutico sem receita do médico;

  • Tome sempre a dose indicada, respeitando meticulosamente o horário das tomas;

  • Não interrompa a toma do antibiótico mesmo que se sinta melhor, a infeção pode ainda estar ativa, apesar de os sintomas da doença já estarem atenuados;

  • Tome durante o número de dias indicado pelo seu médico. Faça sempre o tratamento até ao fim;

  • Se sobrar medicamento após o tratamento recomendado (embora a dimensão da maioria das embalagens seja adequada ao número de dias em que é necessário tomar cada antibiótico , não o guarde para outra ocasião – entregue na sua farmácia);

  • Não partilhe antibióticos com outras pessoas – cada caso é um caso!

Não insista com o seu farmacêutico para que este lhe dispense um antibiótico sem a apresentação de uma receita médica; cabe ao médico essa decisão. Ao invés disso, usufrua da segurança que o aconselhamento farmacêutico lhe pode dar. O seu farmacêutico sabe como o uso correto dos antibióticos é importante não só para a sua saúde, em particular, como para a saúde da comunidade em geral. Na Farmácia encontra uma equipa habilitada a informá-lo sobre as situações em que devem ou não ser utilizados e sobre os cuidados a respeitar para beneficiar destes medicamentos e recuperar rapidamente a sua saúde e bem-estar. Não hesite: fale com o seu farmacêutico e aprenda a cuidar de si!