Feridas: como tratar de mordeduras, cortes, arranhões, esfoladelas e picadas
As feridas não escolhem idade, se bem que as crianças, na correria das suas brincadeiras, formam o pelotão da frente! Relembremos os primeiros cuidados a ter com uma lesão na pele.

Arranhões, esfoladelas, cortes, mordeduras, picadas… diferentes são as lesões na pele a que chamamos feridas, umas mais superficiais, outras mais profundas. Em todo o caso, sempre que nos ferimos, existem primeiros cuidados indispensáveis. Simples procedimentos para que a ferida não deixe marcas – e, mais importante ainda, para evitar infeções. E quando assim é, a cicatrização acontece. Naturalmente.

Ao cuidar de uma ferida

❶ Lave bem as mãos (o melhor, mesmo, será usar luvas descartáveis);

❷ Limpe a ferida com soro fisiológico ou água corrente;

❸ Se necessário, estanque a hemorragia: pressione com uma compressa durante uns minutos;

❹ Desinfete com antissético apropriado;

❺ Se necessário, aplique sobre a ferida um penso adequado.

Entretanto, certifique-se de que a vacina do tétano está em dia.

Recomendação importante

Se a hemorragia persistir ou se a ferida demorar muito a cicatrizar; se surgir vermelhidão e inchaço fora do comum; se aparecer pus, dor ou febre – perante qualquer um destes sinais de infeção, consulte o seu médico, de forma a ter um plano de tratamento específico para o seu caso.