Colesterol – Conheça os seus valores e fatores de risco
Quando o colesterol está em excesso (hipercolesterolemia), deposita-se nas paredes das artérias, formando placas que reduzem o calibre das mesmas. Tal dificulta o fluxo de sangue até aos órgãos e tecidos do organismo, originando um maior risco de desenvolver doenças cardiovasculares.

 

Fatores que podem aumentar os valores de colesterol:

  • Hipercolesterolemia familiar (trata-se de uma doença genética hereditária em que os níveis de colesterol estão elevados, desde a infância, em várias pessoas da mesma família);
  • Alcoolismo;
  • Hipotiroidismo (doença da tiroide);
  • Diabetes;
  • Extração dos ovários;
  • Gravidez.

A determinação dos níveis de colesterol pode ser efetuada na sua farmácia através de uma amostra de sangue obtida facilmente através de uma picada no dedo.

Os valores normais de colesterol total devem ser inferiores a 190 mg/dL quando se trata da população em geral (sem fatores de risco ou outras doenças crónicas).

As determinações de colesterol podem ser efetuadas a qualquer hora do dia, não sendo necessário estar em jejum, dado que a ingestão de alimentos influencia os valores apenas de forma ligeira.

Medidas para reduzir os níveis de colesterol:

  • Reduza o consumo de alimentos ricos em gorduras saturadas (manteiga, queijos gordos, produtos de charcutaria, por ex.: salsichas, alheiras, chouriço, entre outros);
  • Pratique atividade física de forma regular;
  • Deixe de fumar;

A hipercolesterolemia é assintomática e silenciosa. Isto significa que quando surgem os primeiros sintomas já a doença evoluiu, logo, a vigilância e determinação do colesterol, de forma regular, é fundamental como medida de monotorização precoce da doença cardiovascular!