De olho nas lentes
As lentes de contacto são, cada vez mais, uma alternativa ao uso de óculos por quem necessita de compensar o défice de visão.

 

Começaram por ser mais populares entre os jovens, mas a verdade é que atualmente são utilizadas por pessoas de todas as idades, homens e mulheres, que, por razões de conforto ou estética, as preferem aos tradicionais óculos.

E, precisamente em nome do conforto, mas também da saúde dos olhos, é fundamental usar corretamente as lentes, assegurando o manuseamento e a manutenção nas melhores condições de higiene. Afinal, ao contrário do que acontece com os óculos, as lentes estão em contacto direto com os olhos, podendo ser veículo de impurezas e microrganismos causadores de infeção.

Assim, o primeiro dos cuidados passa por lavar muito bem as mãos, secando-as com uma toalha limpa, antes de tocar nas lentes, quer seja para as colocar, quer seja para as remover. Depois, há que zelar pela limpeza das próprias lentes, existindo produtos específicos em fun­ção do tipo de material – a cada lente (conven­cional, rígida, de hidrogel ou hidrogel silicone) corresponde uma solução.

Igualmente importante é a higiene do estojo porta-lentes: há que o substituir com regularidade, de modo a evitar a proliferação de microrganismos. Afinal, sabe-se que uma das principais causas de infeção ocular entre os utilizadores de lentes de contacto é a utilização incorreta do porta-lentes.

Quem usa lentes facilmente se esquece de que as tem colocadas. No entanto, nunca deve esquecer que a utilização de produtos adequados e a prática de certos cuidados de limpeza e manutenção são fundamentais para manter os olhos saudáveis!