Esfoliantes: para que servem e como se utilizam?
A pele é o maior órgão do corpo humano e, embora possua o seu próprio ciclo celular de regeneração, podemos ajudá-la neste processo.

 

As células são continuamente renovadas. Movimentam-se das camadas inferiores para as superiores, de forma a substituir as células mais envelhecidas (mortas) da superfície. Estas células, ao acumular-se à superfície, impedem que a pele “respire”, obstruindo os poros e dando à pele um aspeto menos luminoso.

Através da esfoliação, auxiliamos a nossa pele a remover as células mortas, o que melhora a aparência e a textura.

 

Porque esfoliar? – benefícios:

  • Aumenta a absorção dos cremes que usamos, potenciando a sua ação;
  • Evita os pelos encravados;
  • Melhora a aparência geral da pele, deixando-a mais uniforme e macia;
  • Ajuda na desobstrução dos poros.

 

Como utilizar um esfoliante?

Em primeiro lugar, deve adequar o seu esfoliante não só ao local de esfoliação (corpo ou rosto), mas também ao seu tipo de pele (normal, oleosa ou mista…).

Existem dois métodos principais para esfoliar a sua pele: mecânicos e químicos

Os esfoliantes mecânicos são os mais conhecidos e englobam produtos cosméticos (compostos por pequenos grânulos – micro partículas) e esponjas/luvas de banho esfoliantes. Estes produtos devem ser aplicados na pele molhada, realizando movimentos circulares suaves. De seguida, após enxaguar o esfoliante, deve aplicar o seu creme hidratante, isto porque, a esfoliação pode deixar a pele com maior necessidade de hidratação.

Os esfoliantes químicos são compostos especificamente por ácidos (como o ácido salicílico e o ácido glicólico, entre outros…). Estes realizam uma esfoliação mais intensa que os esfoliantes mecânicos, o que diminiu a adesão das células mortas à pele.

Devem ser aplicados na pele previamente limpa, evitando o contorno dos olhos.

 

Com que frequência deve esfoliar a sua pele?

A frequência de esfoliação depende do seu tipo de pele e do método de esfoliação utilizado. Geralmente, quanto mais abrasiva for a esfoliação, menor a frequência com que a deve efetuar. Deve ter em atenção para não esfoliar em excesso a pele, pois pode deixá-la vermelha e irritada.

Se tem dificuldade em perceber qual o esfoliante que melhor se adequa ao seu tipo de pele e a frequência com que o deve utilizar, não hesite e dirija-se à sua farmácia. O seu farmacêutico poderá aconselhá-lo sobre os produtos mais indicados para o seu caso.