Cárie: quais os fatores de risco?
A cárie dentária é uma doença comum, que afeta pessoas de todas idades. A Organização Mundial da Saúde (OMS) estimou, em 2012, que 60-90% das crianças e quase 100 % dos adultos do mundo têm ou já tiveram cáries.

 

As cáries podem dificultar a mastigação, provocar dificuldades na fala e originar complicações pelo que prevenir este problema é essencial. Existem vários fatores de risco para o desenvolvimento desta doença, sendo que alguns podem ser evitáveis:

  • Higiene oral inadequada: a escovagem dos dentes pelo menos duas vezes ao dia, com uma pasta fluoretada é essencial para a prevenção da cárie. O uso de fio dentário entre os dentes, de preferência à noite também é considerado uma medida preventiva importante;

  • Hábitos alimentares desadequados, incluindo a alimentação durante a infância;

    O excesso de consumo de produtos ricos em açúcar, várias vezes ao dia contribui para um aumento da atividade bacteriana;

  • Tabagismo;

  • Falta de regularidade nas idas ao médico dentista: as cáries numa fase inicial não apresentam sintomatologia, pelo que ir ao dentista 1 a 2 vezes por ano pode ajudar a detetar precocemente problemas de saúde oral.