Transtorno em viagem – Diarreia
A diarreia é uma das perturbações de saúde mais frequentes dos viajantes.

 

Consiste num aumento do número de idas à casa de banho, associado a uma diminuição da consistência das fezes, que, por vezes, se tornam líquidas.  Em alguns casos, faz-se acompanhar de dor abdominal, febre e náuseas.

 

CAUSAS

A diarreia pode ser classificada como aguda, se durar menos de 2 semanas, ou crónica, se durar mais de 4 semanas. A maioria dos episódios de diarreia aguda (situação mais frequente em viagens) deve-se a infeções gastrintestinais, causadas por microrganismos como bactérias, vírus ou parasitas. No entanto, a diarreia em viajantes também pode resultar de simples alterações na dieta como, por exemplo, a ingestão de alimentos mais condimentados que o habitual. A diarreia do viajante, por norma, dura 3 a 5 dias e acaba por se resolver sem necessidade de tratamento médico.

Em todos os casos, a diarreia pode levar a uma situação de desidratação, deixando o organismo debilitado.  As crianças, os idosos e os indivíduos com sistema imunitários mais enfraquecido são mais sensíveis à desidratação, podendo apresentar:

  • Sede excessiva;
  • Boca e/ou pele seca;
  • Fraqueza, fadiga e/ou tonturas;
  • Urina de cor escura.

De modo a evitar estas manifestações, sempre que tiver diarreia, não se esqueça: beba muitos líquidos, sobretudo água.

Em viagem, redobre os cuidados

Para evitar o contacto com os microrganismos mais associados a episódios de diarreia, lave sempre as mãos antes de tocar em alimentos, depois de ir à casa de banho ou de um contacto com terra ou animais. É muito importante reforçar a importância destes cuidados junto dos mais novos. Adicionalmente, se viajar para outros países:

Beba apenas água engarrafada ou fervida e não utilize gelo de água da torneira;

– Evite comer vegetais crus e descasque sempre a sua própria fruta;

– Lave os dentes com água engarrafada e tome banho com a boca fechada.

Na sua farmácia encontra a informação e a ajuda necessárias para prevenir e lidar com a maioria das situações de diarreia. Aconselhe-se com o seu farmacêutico antes de viajar!

Consulte um médico se:

  • Tiver diarreia por mais de 2 semanas;
  • Tiver sintomas de desidratação;
  • Detetar sangues nas fezes;
  • Tiver dores de barriga fortes;
  • Tiver, simultaneamente, febre elevada (39ºC) e prolongada (por um período superior a 72 horas).