O essencial sobre as Infeções urinárias
Sente desconforto, dor e uma vontade constante de ir à casa de banho? As infeções urinárias são uma situação muito comum e, apesar de serem mais frequentes nas mulheres, podem acontecer a qualquer pessoa!

 

De acordo com a parte do aparelho urinário afetado, a infeção recebe um nome diferente (ver imagem infra): uretrite (uretra), cistite (bexiga), pielonefrite (rim) ou ureterite (ureteres). A maioria das infeções ocorre na bexiga e uretra (aparelho urinário inferior).

Como surge a infeção?

Normalmente os microrganismos (como as bactérias, fungos, parasitas…) entram pela abertura da uretra, sobem para a bexiga e, por vezes, para os rins.

infeções urinárias

 

Fonte: Mayo Clinic

Geralmente são eliminados pelo fluxo vaginal e pelas defesas do nosso organismo, mas quando isso não acontece, aderem ao aparelho urinário e multiplicam-se, dando origem a uma infeção urinária.

Quais são os principais sintomas?

  • Ardor ou dor ao urinar;
  • Vontade frequente de urinar e em pequenas quantidades;
  • Urina com mau cheiro;
  • Alterações na cor da urina;
  • Sangue na urina;
  • Dor lombar;
  • Febre;
  • Náuseas e vómitos.

Fatores de risco:

  • Vida sexualmente ativa;
  • Após a menopausa (devido à diminuição da quantidade de estrogénio);
  • “Pedras” nos rins;
  • Diabetes;
  • Gravidez;
  • Ficar muito tempo sem urinar;

Antes que seja tarde, previna…

Por vezes as infeções urinárias são inevitáveis, no entanto, adote alguns hábitos simples, no dia a dia que podem ajudar a prevenir:

  • Aumente o consumo de água (pelo menos 1,5l por dia);
  • Evite banhos de imersão;
  • Urine com uma maior frequência;
  • Urine após as relações sexuais.
  • Lave-se e limpe-se sempre na direção da vagina para o ânus, de modo a evitar a passagem de bactérias do ânus para a região genital;
  • Mantenha uma higiene íntima cuidada (use produtos adequados não perfumados, com pH entre 4.2 a 5.6, de forma a não provocar alterações na flora vaginal – informe-se na sua farmácia);
  • Lave a zona íntima apenas uma ou duas vezes por dia – a flora vaginal contém normalmente um equilíbrio entre bactérias que ajudam a manter a vagina saudável e bactérias nocivas. Logo, uma higiene excessiva pode também levar um desequilíbrio da flora vaginal protetora da zona íntima e causar irritações ou infeções.

Quando a infeção se instala, a avaliação médica é sempre importante! Isto porque, em certos casos, pode ser necessária uma maior intervenção e, inclusive, a toma de certos medicamentos. Em algumas situações, as infeções urinárias podem ser recorrentes e exigir cuidados extra. Qual é a frequência com que costuma ter uma infeção urinária? Sabia que pode estar a passar pelo que são chamadas infeções urinárias de repetição?