O que é a Homeopatia?
Ao contrário do que se poderia pensar, a homeopatia não é uma terapia inovadora, muito pelo contrário!

A homeopatia é um método terapêutico cada vez mais integrado na medicina moderna.

A homeopatia foi desenvolvida pelo médico Samuel Hahnemann há mais de 200 anos, e o termo derivou das palavras Homeo (semelhante) + Pathos (doença).

Este conceito pode ser explicado através da compressão de dois princípios fundamentais:

Princípio da Similitude (“A cura do semelhante pelo semelhante”), ou seja, a utilização terapêutica de substâncias que causam em pessoas saudáveis sintomas semelhantes aos observados em pessoas doentes.

Princípio da Infinitesimalidade ou segundo princípio de Hahnemann.

Este foi o maior mérito na descoberta de Hahnemann. Quando Hahnemann iniciou a sua investigação, percebeu que certas substâncias não poderiam ser usadas em grandes doses, passando assim a diluí-las. Logo concluiu que para a substância que provoca a doença poder proporcionar a cura tem que ser utilizada em doses muito pequenas (não tóxicas, infinitesimais – diluídas).

A homeopatia vê os sintomas como a expressão do desequilíbrio no organismo, o que se pode manifestar como determinadas doenças. Assim, a terapêutica procura estimular as defesas do organismo e restaurar esse equilíbrio.

Atualmente os medicamentos homeopáticos são usados por inúmeras pessoas que procuram alternativas à medicina tradicional e oferece soluções para as doenças mais comuns: constipações, dor de garganta, enjoos, má disposição ou até mesmo o nascimento dos primeiros dentinhos. Pode ser usada também para o tratamento de alergias, asma e distúrbios do sono, ou tratamento complementar de outras doenças.

Curioso sobre este método terapêutico? Procure a ajuda do seu Farmacêutico e descubra as opções terapêuticas que existem na sua Farmácia.