Pés com saúde: os passos essenciais
Os pés merecem a nossa atenção, e não apenas por razões estéticas. A saúde dos pés reflete-se no bem-estar e conforto de cada um. Vigie regularmente e tome atenção à coloração da pele e se apresentam alguma zona inchada.

Higiene e cuidado:

  • Lave diariamente os pés: prefira água morna com sabonete ou gel de lavagem;
  • Seque muito bem: insista entre os dedos (estão mais sujeitos à humidade e micróbios);
  • Hidrate com um produtos próprio para pés para prevenir a pele seca e fissuras: massaje para que o produto penetre bem na pele, não a deixando húmida;
  • Elimine as peles mortas regularmente: mas sem usar pedra-pomes;
  • Previna o mau odor: utilize um desodorizante ou um antitranspirante apropriado e use meias de algodão;
  • Aplique protetor solar, quando expõe os pés ao sol;
  • As unhas também devem merecer uma atenção particular: Corte-as a direito, mas não rente; não corte os cantos pois, ao crescerem, podem encravar na pele, o que causa dor e inflamação;
  • Ao cuidar da pele dos pés e das unhas use sempre utensílios próprios e desinfetados para prevenir infeções.

Calçado

Muitos dos problemas do pé decorrem do uso de calçado inadequado ou desconfortável: não é por acaso que as mulheres são as principais vítimas. Assim, ao comprar calçado novo:

  • Opte por experimentar o calçado ao fim do dia, quando o pé está mais dilatado;
  • Tenha em conta que o pé muda de tamanho e de formato com os anos, além de que os dois pés não são iguais…;
  • Experimente sempre os sapatos: ande com eles na loja;
  • Assegure que tem espaço para os dedos;
  • Não compre sapatos apertados na esperança de que se adaptem ao pé;
  • Evite os sapatos pontiagudos e saltos altos.

Por último, lembre-se que o pé da criança cresce, pelo que é fundamental que os sapatos acompanhem cada fase.

  • Veja regularmente o tamanho dos sapatos;
  • Se tem menos de 6 anos verifique de três em três meses;
  • Após os 16 anos esteja atento duas vezes por ano.