É seguro tomar medicamentos fora de prazo? O que fazer a esses medicamentos?
São muitos os medicamentos que guardamos no armário lá de casa e, por vezes, durante longos períodos de tempo. Destes, vários podem ultrapassar o prazo de validade sem nos darmos conta!

 

O uso de medicamentos fora de prazo pode ser prejudicial para a sua saúde, por isso, para que não seja apanhado de surpresa, verifique periodicamente o prazo de validade dos seus medicamentos. Pode encontrar a data de validade na cartonagem e no blister/frasco do medicamento.

Quais são os riscos de tomar um medicamento fora de prazo?

Não existem garantias de que o medicamento seja seguro e eficaz. Ou seja, após a data de validade, as características e composição do medicamento podem sofrer alterações que levam a uma diminuição do efeito pretendido (ou perda total da sua eficácia).  Em certos casos pode não ser uma situação grave, contudo, alguns doentes com doenças crónicas (como a diabetes e a hipertensão), necessitam de uma medicação garantidamente regular e efetiva para manter os seus valores controlados. Além de poderem perder a sua eficácia, não existe segurança comprovada na toma destes medicamentos.

O que fazer aos medicamentos fora de prazo?

Não deite os medicamentos no lixo, entregue-os na sua Farmácia Portuguesa! Nesta pode encontrar contentores de recolha específicos, disponibilizados pela VALORMED, que têm como objetivo a recolha de todos os medicamentos fora de prazo ou que já não utiliza, assim como as embalagens dos mesmos.

Pode colocar no contentor: blisters, frascos, ampolas, cartonagens vazias, folhetos informativos e bisnagas.

Outros acessórios: colheres, copos, seringas doseadoras de administração, conta gotas, etc.

Não coloque no contentor: Agulhas, seringas, termómetros, aparelhos elétricos ou eletrónicos, material cirúrgico e radiografias.

Se as dúvidas persistirem sobre o que pode, ou não, colocar nos contentores de recolha, pergunte ao seu farmacêutico.

Os medicamentos e embalagens ao serem recolhidos sofrem um processo de triagem (separação e classificação) que permite enviar os materiais para a reciclagem (papel, plástico, vidro…) ou, quando aplicável, para uma incineração segura.

Desta forma, pode cuidar melhor da sua saúde e do meio ambiente.