Quer deixar de Fumar?
Deixar de fumar pode ser um bicho de sete cabeças!

 

Um vício tem esse nome por ser algo díficil de parar. São muitas as dificuldades que o corpo do fumador manifesta quando tenta parar com esta dependência. Mas é importante reter que os benefícios ultrapassam largamente as dificuldades sentidas:

  • a pressão arterial volta ao normal;
  • os níveis de oxigénio no sangue voltam ao normal;
  • o paladar e o olfato melhoram;
  • o cheiro da roupa e o mau hálito melhoram;
  • a tosse e a falta de ar diminuem – respirar torna-se mais fácil;
  • o risco de ter problemas de saúde graves (bem como o dos seus familiares mais próximos), como doenças cardíacas, pulmonares e oncológicas, diminui.

Existe ainda a vantagem de o dinheiro outrora gasto com o tabaco poder ser utilizado de uma forma mais útil e, sobretudo, saudável. Basta pensar que, ao fim de um ano sem fumar, um fumador de cerca de 20 cigarros por dia poupa cerca de 1650 euros…

São boas razões para deixar de fumar. Se já se decidiu, parabéns! Saiba que tomou uma das decisões mais importantes da sua vida! E não tem de a pôr em prática sozinho: pode contar com a sua farmácia e com o aconselhamento especializado dos profissionais que melhor conhecem os medicamentos existentes no mercado para combater este vício.

O primeiro passo para deixar de fumar passa por saber qual o grau de dependência física à nicotina, com o chamado Teste de Fargerstrom.

Após conhecer o seu grau de dependência pode procurar ajuda na Farmácia ou junto do médico onde o irão aconselhar sobre os diferentes medicamentos existentes no mercado e assim selecionar a melhor opção ao seu caso.

Estes medicamentos vão gradualmente reduzindo o nível de nicotina fornecido ao organismo, atenuando assim os sintomas de privação. Existem na forma de:

  • Pastilhas;

  • Gomas;

  • Comprimidos;

  • Películas orodispersíveis;

  • Sistemas transdérmicos.

Além disso existem com dosagens diferentes para adequar ao nível de dependência do fumador.

Peça ajuda ao seu farmacêutico!