Tosse. Conheça as principais causas.
A tosse é um mecanismo de defesa natural.

Quando inspiramos, o ar que entra pela boca e pelo nariz transporta também substâncias e partículas diversas, como pó e pólenes, fumo dos escapes ou de cigarros. Essas substâncias ou partículas são detetadas por células existentes nas vias respiratórias que, ao ficarem irritadas, estimulam os pulmões a libertar ar rapidamente, de modo a expulsá-las.

Entre as suas principais causas incluem-se:

-Infeções;

-Alergias (devido à exposição a aeroalergenos como o pó e os pólenes);

-Asma;

-Inalação de corpos estranhos;

-Doenças brônquicas crónicas;

-Doença cardíaca;

-Refluxo gastroesofágico;

-Tabagismo;

-Medicamentos (como alguns usados no tratamento da hipertensão).

Quando a tosse é ocasional e dura até três semanas considera-se aguda, por oposição à tosse crónica, quando se prolonga por mais de três semanas. A tosse pode ser ou não acompanhada de expetoração: tosse produtiva ou seca, respetivamente. Com ou sem expetoração, a tosse é sempre um sintoma, não uma doença.

Por ser tão frequente e muitas vezes associada a outras doenças, é importante que saiba como e quando tratar.

Consulte o conteúdo “Suprimir a tosse ou não, eis a questão…” para saber mais.