Festas e Dispepsia
A dispepsia (ou indigestão) é uma sensação de dor ou desconforto (muitas vezes recorrente) na parte superior do abdómen.

 

A dispepsia não é uma doença, mas sim um conjunto de sintomas que podem, muitas vezes, ser indicativos da existência de outras doenças.

Os sintomas mais comuns da dispepsia são:

dor ou sensação de queimadura no estômago;

distensão (inchaço) abdominal;

arrotos;

náuseas e vómitos;

Os culpados destas manifestações, podem ser, muitas vezes, alguns dos excessos alimentares tradicionalmente cometidos na altura das festas, como, por exemplo:

– a ingestão de alimentos com muita gordura ou muito condimentados;

– o consumo excessivo de substâncias estimulantes (como por exemplo a cafeína e o álcool) e bebidas gaseificadas;

– comer demasiado depressa ou em excesso;

Se tem receio de sofrer de dispepsia durante as festas, não desanime – pequenas alterações nos seus hábitos podem evitar este conjunto de sintomas. Deixamos-lhe então algumas sugestões:

❶ Pratique uma alimentação equilibrada e saudável – frutas, legumes, verduras, grãos integrais e elementos não processados merecem um lugar de destaque nas suas refeições – por exemplo, acompanhe o bacalhau ou peru com legumes e batata cozida ou assada;

❷ Reduza o consumo de alimentos que dificultam a digestão – chocolate; gorduras; bebidas gaseificadas e/ou alcoólicas; alimentos muito condimentados ou processados e charcutaria; Pode, por exemplo, optar por fazer rabanadas no forno em vez de as fritar;

❸ Mastigue devagar – facilita a digestão porque otimiza a ação dos sucos digestivos e prolonga a refeição – acabará por passar ainda mais tempo à mesa rodeado pelos seus familiares e amigos;

Mas atenção, a dispepsia pode ter outras causas, que importa tratar, como por exemplo:

– úlceras gástricas ou duodenais;

– gastrite;

– perturbações da motilidade intestinal (movimentos do intestino);

– bloqueio intestinal;

– obstipação (prisão de ventre)

– infeção pela bactéria Helicobacter pylori

Assim, se sente este desconforto de forma recorrente ou, se tiver outros sintomas como fezes com sangue, febre, perda de peso e fraqueza, deve dirigir-se ao médico.