O que é uma câmara expansora?
As câmaras expansoras são dispositivos de auxílio à utilização dos inaladores pressurizados, permitindo melhorar a técnica inalatória e a dispersão das partículas do medicamento, ultrapassando as dificuldades de coordenação “mão-pulmão”, frequentes em crianças e em idosos.

O recurso a câmaras expansoras contribui para que haja uma menor deposição de medicamento na boca e garganta e uma maior deposição pulmonar.

Existem no mercado vários modelos, com tamanho, comprimento e forma adaptada a todas as idades. Utilizam-se com bocais ou com máscaras faciais, sendo estas últimas especialmente recomendadas em crianças muito pequenas que ainda não conseguem usar o bucal ou em idosos com dificuldade em executar os movimentos respiratórios.

A administração de medicamentos utilizando a câmara expansora com máscara facial possibilita que o doente respire normalmente enquanto faz a administração da medicação, permitindo ultrapassar eventuais dificuldades de coordenação entre pressionar o inalador e fazer, ao mesmo tempo, uma inspiração adequada. Este aspeto é particularmente importante nas crianças até aos 5 anos e em alguns idosos.

A máscara facial minimiza o esforço respiratório e deve estar perfeitamente adaptada à face de quem a usa, para que a técnica seja executada de forma correta.

Apesar de frequentemente utilizada, a administração de medicamentos com a câmara expansora exige algum treino e prática. Os erros mais frequentes são:

  • Atraso entre a ativação do inalador e a inalação (não deve ser superior a 2 segundos);
  • Máscara facial mal-adaptada (não cobrindo a boca e o nariz) ou de tamanho inadequado, permitindo fugas de medicamento;
  • Administrar em crianças enquanto choram (uma forma de evitar esta situação é administrar o medicamento enquanto estão a dormir).
  • Múltiplas doses de medicação na câmara expansora antes da inalação (deve pressionar o inalador apenas uma vez e proceder à inalação; caso seja necessária outra dose, espere 30-60 segundos e repita o procedimento).

As câmaras expansoras necessitam de cuidados de limpeza e desinfeção para evitar os riscos de contaminação:

  • Limpe a câmara regularmente, pelo menos uma vez por semana, de acordo com as indicações do fabricante;
  • A câmara deve ser desmontada, no entanto, recomenda-se a leitura atenta da informação do fabricante, dado que algumas câmaras não são completamente desmontáveis;
  • As peças devem ser mergulhadas num recipiente com água morna e detergente líquido neutro, durante 15 minutos. Agite suavemente o recipiente, evitando a formação de espuma;
  • Passe as peças por água limpa e coloque-as na posição vertical para escoamento da água e secagem;
  • Quando a câmara estiver seca monte-a e verifique o seu estado. Quando existem fissuras na câmara ou a válvula está em mau estado esta deve ser rejeitada.

 

Para o ajudar a tirar dúvidas e a utilizar as câmaras expansoras conte também com a ajuda da sua Farmácia.