Pré-diabetes: Sinal de alerta
Sabia que, se não diagnosticada ou tratada, a pré-diabetes pode levar ao desenvolvimento de diabetes tipo 2 que, embora possa ser controlada, não é uma doença reversível, ao contrário da pré-diabetes?

O que é a pré-diabetes?

pré-diabetes é uma condição, na qual os níveis de glicose (açúcar) no sangue não são suficientemente elevados para se enquadrarem num contexto de diabetes, mas que já não são considerados normais. A estes casos, dá-se o nome de hiperglicemia intermédia, e a melhor forma de serem identificados é através do doseamento dos níveis de glicose no sangue.

No fundo, a pré-diabetes, como o próprio nome diz, é uma condição de risco para o desenvolvimento de diabetes, e serve de aviso para que sejam adotados hábitos de vida mais saudáveis (por exemplo: alimentação saudável e a prática regular de atividade física). Só assim conseguirá reverter uma situação futuramente irreversível.

Diagnóstico

A pré-diabetes é diagnosticada, entre outros fatores, quando o médico deteta, através de análises clínicas, uma ou ambas as situações:

  • Glicemia em jejum: ≥ 100 mg/dL e < 126 mg/dL

Quando os níveis de glicose estão elevados em jejum;

  • Tolerância Diminuída à Glicose: ≥ 140 mg/dL e < 200 mg/dL

Quando os níveis de glicose estão elevados após o teste oral de tolerância à glicose (exame laboratorial onde são medidos e avaliados os níveis de glicose em jejum e 2 horas após a ingestão de 75 g de glicose).

Problema silencioso

A pré-diabetes é normalmente silenciosa (significa que não dá sinais nem sintomas) e pode passar despercebida durante muito tempo. Como tal, é essencial que efetue exames de rotina, sobretudo se tiver fatores de risco (excesso de peso, uma vida sedentária, antecedentes familiares de diabetes tipo 2, entre outros). Assim, como a pré-diabetes não dá sintomas per se, deve estar atento às manifestações características da diabetes tipo 2.

A pré-diabetes deve ser interpretado como um sinal de alerta, dando-lhe a oportunidade de melhorar a sua saúde. Por isso, consulte o seu médico ou farmacêutico se estiver preocupado com os seus níveis de glicose ou para o ajudar a identificar possíveis sinais ou sintomas da diabetes.