Quão frequente é a asma nas crianças?
Segundo a Sociedade Portuguesa de Pneumonologia, a asma afeta cerca de 600 000 pessoas em Portugal, sendo esta a doença mais prevalente em crianças.

 

Aliás, sabia que, segundo a Fundação Portuguesa do Pulmão, 1 em cada 2 crianças têm, pelo menos, um episódio de dificuldade respiratória (geralmente identificado como bronquiolite) até aos 2 anos de idade? Além disso, entre os 3 e os 5 anos, cerca de 25% das crianças têm, pelo menos, um episódio de falta de ar e 10% têm 4 ou mais. Estima-se que o número de crianças em idade escolar, com asma, seja à volta dos 10 a 15%.

A asma é uma doença que pode ser diagnosticada em qualquer idade, sendo que, nos lactentes e crianças mais jovens, este diagnóstico poderá ser mais difícil. Isto porque existem algumas condições transitórias, em idades mais jovens, que têm manifestações semelhantes às da asma.

Esta é uma doença que não tem cura, mas que pode ser controlada. Para tal, um diagnóstico precoce é essencial. Para além do controlo das manifestações em situações de crise, importa conhecer os fatores de agravamento para cada pessoa e as medidas de prevenção mais adequadas a cada caso, com vista a promover uma gestão adequada da doença e uma maior qualidade de vida, desde cedo.

Se acha que o que filho poderá ter asma, não hesite e consulte o seu médico.