Bebés à sombra!
O ideal seria que bebés e crianças não estivessem expostos diretamente ao sol, mas isso é, muitas vezes, difícil.

 

Importa então protegê-los ao máximo. Assim:

Não exponha ao sol bebés com menos de seis meses.- Evite a exposição entre as 11h e as 17h, horas do dia em que a radiação é mais prejudicial;

Vista as crianças com roupas, embora leves, de malha apertada, opacas e de cor escura (deixam passar menos radiação UV) e que cubram todo o corpo – já existe vestuário com proteção UV no próprio tecido;

– Coloque chapéu com aba larga que faça sombra sobre olhos, nariz, orelhas e nuca;

– Incentive a usar óculos de sol com proteção UV igual ou superior a 99%: Já a cor das lentes é indiferente, pois a proteção resulta de um filtro e não cor. Convém é escolher óculos “à prova de criança” – ou seja, resistentes. E para prevenir recusas deixe-a escolher – há modelos divertidos e coloridos…;

– Evite o uso de perfumes ou colónias;

– Ofereça líquidos a beber com frequência para prevenir a desidratação;

– Aplique protetor solar no campo, na cidade ou na praia.

Acima de tudo dê o exemplo – as crianças tendem a copiar os adultos.

Lembre-se que…

A sombra não protege a 100%: os raios são refletidos pela areia, água, relva e passam até através dos toldos e chapéus-de-sol;

Com o céu nublado também é precisa proteção: as nuvens deixam passar 60 a 80% da radiação UV;

Uma t-shirt de algodão só protege se estiver seca: molhada, deixa passar até 50% da radiação.