Cólicas: colo, paciência e por vezes algo mais…
As cólicas são um problema muito frequente e normal nos bebés de tenra idade.

 

Embora não sejam prejudiciais à saúde geral do bebé, as cólicas causam muito desconforto. Tendem a desaparecer pelo terceiro mês de vida, mas até lá pode adotar alguns gestos que as aliviam:

Altere a posição de amamentação ou aleitamento do bebé, colocando-o mais na vertical – facilita a expulsão do ar engolido e diminui a flatulência;

– Em cada mamada, o bebé deve esvaziar primeiro uma mama antes de passar para a outra;

Massaje a barriga do bebé, no sentido dos ponteiros do relógio, ou coloque-o de barriga para baixo – favorece a expulsão de ar, diminuindo o desconforto;

– Se está a amamentar, elimine ou reduza na sua dieta alguns alimentos que podem causar reação no bebé: leite de vaca, citrinos, certos condimentos, bebidas com cafeína e, obviamente, o álcool e o tabaco;

– No caso de bebés em aleitamento artificial, o médico pode achar necessário alterar o leite para uma alternativa sem lactose ou hidrolisada.

Pode ainda recorrer-se à ajuda de alguns medicamentos, sendo segura a utilização de alguns antiflatulentos sob a forma de gotas. Não devem, contudo, ser usados com o primeiro recurso, e é fundamental respeitar a dose recomendada. Para identificar qual a melhor opção aconselhe-se com o Pediatra ou o Farmacêutico. As cólicas incomodam os bebés e preocupam os pais, no entanto, é preciso compreender que elas são comuns nos primeiros três a quatro meses de vida. A boa notícia é que depois passam.