Dermatite Seborreica: Cuidados a Ter
A expressão “dermatite seborreica” é desconhecida por muitos, mas encerra em si manifestações na pele e uma realidade bem conhecida de todos – a caspa.

 

A caspa, que se estima que afete quase metade de população, é uma forma leve de dermatite seborreica, doença que se caracteriza por manifestações, como:

  • Pele vermelha;
  • Prurido (comichão);
  • Descamação na barba e/ou bigode;
  • Zonas oleosas, cobertas com escamas brancas ou amarelas, que podem atingir, por exemplo, o nariz, as sobrancelhas e pálpebras, as orelhas, o peito, as axilas e as virilhas.

A dermatite seborreica, por norma, surge após a puberdade, podendo ocorrer, a partir daí, em qualquer altura da vida. É mais frequente em homens do que em mulheres e não tem cura. Existem, no entanto, alguns gestos, que pode integrar na sua rotina, que podem fazer a diferença:

  • Utilize cuidados suaves para a higiene do couro cabeludo e do corpo e retire-os sempre com água abundante. Evite ao máximo produtos que contenham álcool;
  • Evite utilizar produtos de styling, como gel e laca;
  • Utilize roupa de materiais suaves, como o algodão, que promove a circulação de ar pela pele, contribuindo para reduzir a irritação;
  • Dê especial atenção a áreas como as pálpebras – se necessário, lave-as todas as noites com produtos normalmente posicionados para bebés, e remova eventuais resíduos com um cotonete ou uma compressa embebida em água quente;
  • Adicionalmente, poderá procurar, na sua farmácia, champôs com ingredientes como o piritionato de zinco e o sulfeto de selénio. Estes cuidados podem ser úteis em caso de caspa e, por norma, podem ser utilizados regularmente. Após aplicá-los no couro cabeludo, espere 5-10 minutos antes de enxaguar – para mais informações sobre a sua utilização, aconselhe-se com o seu farmacêutico;

Se, mesmo com estes cuidados, a irritação persistir, consulte o seu médico – este poderá indicar-lhe medicamentos que ajudem a gerir as manifestações de dermatite seborreica.